Comissão Permanente de Desenvolvimento Econòmico reúne-se com produtores rurais

  • Autor: Jonathan Pires - 09/02/2018 - Local: Sala das Comissões
  • Autor: Jonathan Pires - 09/02/2018 - Local: Sala das Comissões
  • Autor: Jonathan Pires - 09/02/2018 - Local: Sala das Comissões
Como desdobramento da Audiência Pública realizada na última terça-feira, em que foi debatida a condição dos produtores rurais e dos assentados do município, a Comissão Permanente de Desenvolvimento Econômico voltou a tratar do tema em reunião na manhã desta sexta-feira (9 de fevereiro), na Presidência. Vários representantes dos agricultores estiveram presentes e reiteraram suas reivindicações principais: fomento à produção e melhores condições para o escoamento da mesma.

O presidente da Câmara Municipal de Betim, vereador Leo Contador (DEM), defendeu a criação de uma Feira Livre para a venda dos produtos colhidos pelos produtores rurais, assentados e pelas cooperativas locais. A Feira funcionaria na lateral do prédio da Câmara Municipal, em frente à Praça Tiradentes.

Leo se dispôs a apoiar no plano institucional a aquisição de um caminhão baú térmico para o transporte de verduras e hortaliças.

Para o vereador Marcelino Alexandre (PMDB), membro da Comissão Permanente de Desenvolvimento Econômico, o Poder Público deve interceder para ajudar na melhoria da produção e de seu escoamento.

O vereador Gilson da Autoescola (PPS), presidente da Comissão, é preciso identificar os principais problemas enfrentados pelos produtores rurais e buscar soluções. Nesse sentido, o parlamentar entende que seja preciso reformular a legislação vigente para melhor contemplar as reivindicações dos produtores.

Os representantes da categoria voltaram a solicitar rápida intervenção nas vias de acesso às propriedades rurais, o que já foi requerido pelos vereadores à Empresa de Construções, Obras, Serviços, Projetos, Transporte e Trânsito de Betim (ECOS). Também foi apontada a necessidade de se garantir a compra pelo Poder Público de, no mínimo, 30% de produtos originados da agricultura familiar para abastecer a demanda oficial destinada a creches e escolas municipais.

Diretoria de Comunicação Social
Jorn. Wagner Augusto
Publicado em: 09/02/2018